Um carro voador desenvolvido pela Nec Corporation, multinacional de tecnologia sediada em Tóquio, subiu três metros de altura e por lá ficou durante um minuto. Este foi apenas o início do objetivo ambicioso do Japão que é se tornar líder mundial de carros voadores até 2023. Esse desejo cresceu mais ainda depois da disparada dos EUA e da China no segmentos de carros elétricos e veículos autônomos.

O veículo que pesa cerca de 148 kg e tem 4 grandes turbinas, ainda não está pronto para carregar pessoas, mas isso é questão de tempo e investimento.  A  vontade é tanta, que investidores de capital abriram um fundo especial, o Drone Fund,  para aqueles que tem interesse em investir em aeronaves autônomas e empresas de carros voadores. 

Mas esta tecnologia vai muito além de pura ambição. Ela já é uma necessidade entre os cidadãos. 

Segundo Kouji Okada, o líder do projeto, os veículos voadores vão aliviar o trânsito e a vida dos japoneses que vivem em um país extremamente povoado.

“Queremos nos posicionar como um facilitador de mobilidade, oferecendo tecnologia e infraestrutura para o mercado de carros voadores”, diz o líder.

É provável que até 2030 o Japão já tenha transporte aéreo circulando pelas cidades.

Dê uma espiadinha no que rolou!

 

Fonte: Época